Você está aqui
Home > TESTE DRIVE > Testamos o Kicks da Nissan, um achado entre os SUVs compactos

Testamos o Kicks da Nissan, um achado entre os SUVs compactos

Kicks SL

BETE CARRIÇO

Portal Auto Mulher

bete@portalautomulher.com.br

Em tempos de crise econômica, chama a atenção o produto que oferece benefícios, antes disponíveis apenas em versões mais sofisticadas, por um preço mais democrático e que passa ser acessível para uma parcela maior da população. Agora, imagina esse produto, que além de ser bom e oferecido a um preço mais justo, é também bonito e moderno. O resultado é que ele arrebata o coração e a mente do consumidor e que obriga a concorrência a repensar os seus conceitos.  Caso do Kicks, da Nissan, testado pelo Portal Auto Mulher, sucesso de público e bem avaliado pela imprensa especializada.

Lançado no Brasil para o mundo durante as Olimpíadas, em 2016, foi criado por brasileiros para apaixonar os brasileiros. Gol de placa da Nissan, que lançava o primeiro SUV compacto da montadora para disputar espaço em um segmento que não para de crescer por aqui.

Inicialmente produzido no México, o Kicks chegou ao Brasil em uma única versão. Com design moderno, manteve o vigor, a força e a altura, que tanto chamam a atenção dos fãs dessa categoria, além de detalhes diferenciados. Um combo de segurança, que o colocou a frente dos concorrentes, e um conjunto de itens de série altamente atrativo, como a câmera de 360º.  Sucesso global de vendas, passou a ser produzido no Brasil no primeiro semestre de 2017 e hoje é oferecido em três versões, todas com motor 1.6,  a S (câmbio manual de 5 marchas e CVT), SV (câmbio CVT), e SL (câmbio CVT), esta última testada pelo Portal Auto Mulher.

Recentemente foi classificado como a compra inteligente ou a melhor compra da categoria na edição deste ano do Guia 4 Rodas. A versão lançada ao topo da lista foi a mais simples com câmbio automático, a S CVT, por “oferecer muitos benefícios, um conjunto equilibrado e ainda imbatível em valores de revisão e de seguro”, citando também o conjunto mecânico como um dos pontos fortes, o porta-malas com 432 litros, e de condução eficiente e segura.

Já a versão testada por nós, a top de linha, é mais luxuosa, porém descontraída e que nos deixa muito à vontade e seguras na direção. Tem preços sugeridos a partir de R$ 97.900 e que vão a R$ 100.390. O motor HR16DE, 1.6, de 16 válvulas, garante de acordo com a montadora, baixo consumo de combustível, tendo recebido nota A em eficiência energética e emissão de gases dentro do Programa de Etiquetagem veicular (PBEV) do Inmetro.

Kicks SL

Esta versão conta com os inéditos alerta de colisão e assistente inteligente de frenagem, que veem se juntar ao super combo que amplia a segurança ao dirigir. Além do conjunto de câmeras que oferece visão de 360º ao se estacionar, é equipado também com o Detector de Objetos em Movimento (Moving Object Detection), o Controle Inteligente de Chassi (Chassi Control), que reúne o Controle Inteligente em Curvas (Active Trace Control), o Estabilizador Inteligente de Carroceria (Active Ride Control) e o Controle Inteligente de Freio Motor (Active Engine Brake), que atuam na suspensão, freios e também na estabilidade.

A opção mais básica do modelo com câmbio manual, a S, possui airbags duplos frontais, ar-condicionado, alarme perimétrico bancos dianteiros com a tecnologia Zero Gravity; acabamento de tecido nos bancos; fixadores traseiros para cadeiras de crianças (Isofix); cinto de segurança de três pontos para todos os cinco passageiros; freios ABS com EBD e assistência de frenagem (BA); rádio com entrada para mp3 player, conector USB e Bluetooth para conexão de telefones celulares; retrovisores na cor da carroceria e com regulagem elétrica; maçanetas internas das portas cromadas e externas na cor da carroceria; coluna de direção com ajustes de altura e profundidade; direção com assistência elétrica e com comandos do computador de bordo, comando de telefone e rádio no volante; rodas de aço de 16 polegadas com calotas; sistema de partida a frio Flexstart; travamento central automático das portas com o veículo em movimento e vidros dianteiros e traseiros com acionamento elétrico. A versão pode também ser equipada, opcionalmente, com os controles de tração e estabilidade (VDC) e o sistema inteligente de partida em rampa (HSA), itens que fazem parte do “Pack Safety”.

Já a versão testada pelo Portal Auto Mulher, a top de linha SL, com preço sugerido de R$ 94.900, apresenta maçanetas cromadas, sistema multimídia Nissan “Multi-App”, retrovisores com rebatimento elétrico automático (recolhem-se com o desligamento do motor e se abrem com o acionamento da ignição), acabamento de couro nos bancos, acendimento inteligente dos faróis, airbags laterais e de cortina, ar-condicionado automático digital e painel de instrumentos TFT.

 

Conheça as redes sociais do Portal Auto Mulher

Instagram: @portalautomulher

Facebook:: www.facebook.com/portalautomulher/

Curta agora mesmo nossa página no Facebook

 

 

 

Deixe uma resposta

Top