Você está aqui
Home > FIQUE POR DENTRO > Quais as diferenças entre os câmbios manual, automático e automatizado?

Quais as diferenças entre os câmbios manual, automático e automatizado?

 

Qual prefere? Manual, automático e automatizado

Você sabe quais são as diferenças entre os tipos de câmbios existentes? O sistema de transmissão ganha vários nomes no mercado. Mas, os três tipos de câmbios mais comuns são manual, automático e automatizado. OBRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária pertencente ao Grupo MAPFRE) dá uma mãozinha para entender melhor:

  • Manual – É o mais comum no mercado brasileiro. Em geral, o câmbio funciona com engrenagens de diferentes tamanhos e que representam as respectivas marchas. Essas marchas são acionadas pela alavanca do câmbio e acopladas ao motor por meio da embreagem. É o sistema que mais tem “interação” entre o motorista e o carro.
  • Automático – Esse câmbio realiza as mudanças de marchas de forma automática, de acordo com a aceleração do veículo. Além disso, ele não utiliza embreagem e sim, um conversor de torque, que é um sistema hidráulico que realiza o acoplamento do câmbio ao motor. Esse modelo pode ter marchas de acordo com o número de engrenagens do câmbio ou pode ter características que utilizam polias cônicas, o que faz com que não exista as trocas de marcha, esse modelo é conhecido como CVT (continuous variable transmission ou transmissão de variação contínua).
  • Automatizado – O sistema é bem parecido com o câmbio manual, mas dispensa o pedal da embreagem, pois faz isso de forma automatizada. Neste caso, o câmbio e a embreagem são acionados por atuadores mecânicos que fazem a função do motorista para acionar a embreagem e trocar as marchas. A diferença para o motorista está nas respostas nas trocas de marcha, o que faz com que sejam feitas de forma mais lentas quando comparadas com as trocas do câmbio automático. Vale lembrar que existem câmbios automatizados que utilizam duas embreagens, o que muda o tempo das trocas de marchas, sendo muitas vezes mais rápidas que até os câmbios automáticos.

A dica para quem vai escolher um carro são: quem busca mais dinamismo, sem deixar de lado o conforto, o câmbio automatizado é uma porta de entrada para quem não quer trocar de marcha, sendo mais barata e econômica que o câmbio automático, mas esses câmbios possuem respostas mais lentas em retomadas e arrancadas. Para quem não abre mão de respostas mais ligeiras e maior conforto nas trocas de marchas, a melhor opção é o câmbio automático. E, então, qual você prefere?

 

Conheça as redes sociais do Portal Auto Mulher

Instagram: @portalautomulher

Facebook:: www.facebook.com/portalautomulher/

Curta agora mesmo nossa página no Facebook

 

 

Conheça as redes sociais do Portal Auto Mulher

Instagram: @portalautomulher

Facebook:: www.facebook.com/portalautomulher/

Curta agora mesmo nossa página no Facebook

 

 

Deixe uma resposta

Top