Você está aqui
Home > FIQUE POR DENTRO > MERCADO > CORES COM NOME E SOBRENOME SÃO ALTERNATIVAS AO “SEM ERRO” DO PRETO, BRANCO E CINZA DO MUNDO AUTOMOTIVO

CORES COM NOME E SOBRENOME SÃO ALTERNATIVAS AO “SEM ERRO” DO PRETO, BRANCO E CINZA DO MUNDO AUTOMOTIVO

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Festival-tablets-e-celulares-Magalu.jpg
<script>

Siga no Instagram

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é instagram-Portal-Auto-Mulher.jpg
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é banner-cobasi.jpg
Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é Magalu-Story-Luciano-Huck.jpg
Uma imagem contendo carro, estrada, caminhão, estacionado

Descrição gerada automaticamente

BETE CARRIÇO

bete@portalautomulher.com.br

Qual cor você escolheria entre Vermelho Tribal, Azul Cósmico, Vermelho Arlet ou Azul Eclipse? Há vários modelos desfilando essas cores exclusivas, com nome e sobrenome diante dos nossos olhos, mas não em uma passarela. Esse desfile é visto nas ruas e as cores estampam modelos de veículos novos ou que passam por repaginações. Além do público-alvo do carro, a intenção é ganhar uma virada de pescoço por onde passam. Se conquistarem o status de objeto do desejo, ou pelo menos chamarem a atenção para o modelo, o negócio está a meio caminho andado na missão de vender mais no competitivo mercado automotivo.

O Vermelho Tribal estampa a picape compacta Toro, da Fiat. O Chevrolet Tracker, edição 2021, vai de Azul Eclipse. Já a picape Frontier, da Nissan, chega para impressionar com o Vermelho Alert ou o Azul Caymam, A Honda, a mais conservadora entre as quatro montadoras, ousa com o Vermelho Rallye  do recém-lançado Civic SI.

Paradoxalmente, levantamento da Fenabrave de 2019 mostra que as cores branco (43%), prata (22%), cinza (13%) e preto (12%) compõem o mix mais vendido no setor. Vermelho (6%) e outras cores (4%), somam 10%.  A cor branca, que abocanha hoje a maior porcentagem do mercado, tinha em 2010 apenas 12%. A moda do branco chegou aqui importada da Europa e Ásia, com referências de bom gosto e sofisticação, se tornando rapidamente “a cara da riqueza”.  

Pesquisa Fenabrave

Entrevistamos cinco mulheres de idades e profissões variadas para saber quais cores preferem e onde entra o quesito na definição da compra de um carro em uma escala de 1 a 7,  levando em consideração design, potência do motor, modelo(hatch, sedã, SUV, entre outros), conforto, marca, preço, cor e potência do motor.

Mulher posando para foto em frente a carro

Descrição gerada automaticamente

Para Adriana Agrello, especializada em processamento de dados e dona de um Outlander preto, a ordem posiciona a cor em 6º lugar antes da potência do motor e depois de modelo, conforto, marca, preço e design. A preferência das cores elege o preto e o branco, mas com uma ressalva “se fosse uma Ferrari seria com certeza vermelha”, brinca.

Mulher na frente de um carro

Descrição gerada automaticamente

Já para a empresária Sueli Zabotto, dona de um Renegade, a escala de importância começa com design, e seguindo na sequência o modelo (hatch), marca, cor e preço. A potência do motor não foi considerada. A sua cor preferida para carros altos é o branco porque a considera esportiva e alegre e “quase não se vêem os riscos”. Para os demais, a cor eleita é a preta.

Mulher com cabelos longos

Descrição gerada automaticamente

A Relações Públicas Mayara Loureiro, que opta por carros alugados para trabalhar, classifica em primeiro lugar o preço, em seguida vem a marca, design e modelo (empatadas em 3º lugar), incluindo o quesito segurança em 4º, seguido por motor em 5º e cor em último lugar. Suas cores preferidas são prata e preto.

Uma imagem contendo pessoa, mulher, jovem, frente

Descrição gerada automaticamente

Já a comunicadora e relações públicas Deisy Muramatsu elenca em primeiro lugar a marca, em seguida preço, design motor, segurança e em último lugar o quesito cor, sendo a preferência pelo preto. A advogada Ana Elisa Souza, que tem um Volkswagen Polo cinza, considera preço, marca, design/modelo, segurança, motor e cor, com preferência por “cores neutras, pensando na facilidade de revenda no futuro”, diz.

As entrevistas exemplificam a pesquisa da Fenabrave, mas fica a pergunta: se a maioria dos compradores prefere cores básicas e neutras, por qual razão existe tanto investimento e cuidado na escolha de cores exclusivas e diferenciadas? Uma das razões está na estratégia de atrair pelo exclusivo para vender o básico. Mas não só isso.

Isabella Viana, Design de Cores e Materiais FCA

Na Fiat, a definição das cores e nomes para um novo modelo ou veículo reestilizado recebe atenção especial. Tanto que existe uma profissional que cuida da gestão das cores e dos materiais usados na composição de um carro. Segundo Isabella Vianna, os nomes são escolhidos pelas áreas de Brand e Design e fazem parte da cultura e DNA da Fiat, que tem a Itália como país de origem. “Temos como inspiração por exemplo, nomes de cidades italianas, circuitos de corrida automobilística, locais importantes para Itália e Brasil”, diz.

De acordo com a Design de Cores e Materiais, a escolha da cor pelo consumidor está relacionada ao seu perfil e estilo de vida. Se é uma pessoa de perfil racional, a opção recai para a cor que irá valorizar financeiramente a revenda. Se o estilo de vida é mais aventureiro, que valorize a liberdade, o vermelho pode ser a cor escolhida. Conceito que, além da exclusividade, provavelmente explica o leque multicolorido de opções.

Isabella lembra do case de sucesso sobre a nova geração do Uno, em 2O10, que “saiu da caixinha” e exibiu cores como verde claro, laranja, azul cor do céu e amarelo cítrico e foi “uma experiência que abriu a mente  do setor”.

Carro verde antigo estacionado

Descrição gerada automaticamente
Fiat Uno 2010 na cor amarela
Carro em frente a casa

Descrição gerada automaticamente
Fiat Uno 2010 na cor verde- claro

Na Nissan, que vem se destacando nos últimos anos com sucessos como o SUV Kicks, que lançou a tendência de duas cores (quem não lembra do modelo de cor preta e teto laranja) e a picape Frontier, são promovidos estudos e o fomento de novas cores. Parte da pesquisa é voltada para as tendências que podem ser utilizadas em diversos veículos ao redor do mundo e para as cores feitas sob medida, especificamente para um modelo ou categoria.

Frontier 2016 na cor Laranja-Imperial

Exemplo disso, que vai além da paleta básica, é o icônico Laranja Imperial (laranja metalizado) da picape Nissan Frontier, edição 2016. A picape, aliás, acabou de ganhar mais dois tons, o Azul Cayman (azul marinho) e o Cinza Grafite (cinza).  

Na montadora americana Chevrolet, as cores são batizadas levando em conta uma série de fatores, como, por exemplo, substâncias específicas utilizadas em sua preparação. A escolha dos nomes e dos tons também pode levar em consideração a impressão que se quer causar ao consumidor. Exemplo disso é o tom azul vibrante Eclipse da Tracker, lançado recentemente, que remete à tecnologia que recheia a SUV compacta da marca.

Tracker da GM no Azul Eclipse

Assim como em todo o mercado automotivo, os tons exclusivos da fabricante americana costumam ser alterados de tempos em tempos, seguindo tendências e novas tecnologias. E quando muda o tom, muda nome e sobrenome. Alteração importante para caracterizar determinada pigmentação e facilitar a busca, caso seja necessário fazer algum reparo na carroceria.

Civic da Honda no Azul Cósmico

Na Honda, de perfil um pouco mais conservador, o line-up de cores de um determinado modelo é definido pela área de desenvolvimento global. No geral, existem as cores “básicas” (monocromáticas), que são comuns a diversos modelos e algumas cores “características” (geralmente não monocromáticas), que reforçam o conceito do produto e são desenvolvidas a cada novo lançamento ou geração.

Em geral, as cores básicas seguem nomes de minerais (ex: Prata Platinum, Preto Cristal, Cinza Barium), enquanto as cores características são relacionadas a objetos astronômicos (ex: Azul Cósmico, Vermelho Mercúrio, Azul Boreal).

Esta imagem tem um texto alternativo em branco, o nome da imagem é 0705_ParceiroMagalu_post_FestivalEletrodom%C3%A9sticos_v2-300x300.png

Conheça as redes sociais do Portal Auto Mulher

Instagram: @portalautomulher

Facebook: https://www.facebook.com/portalautomulher/

Deixe uma resposta

Top